consultar certidão

info
Utilize esta página para consultar uma certidão permanente
- preencha o campo do código de acesso à certidão pretendida
- preencha o campo “motivo da consulta" com a sua identificação ou da empresa que representa e o motivo desta consulta (este campo poderá ajudar o utilizador a acompanhar a utilização das suas certidões)
- introduza os caracteres da imagem de segurança
- clique em consultar certidão para aceder à certidão

Notas:
- Se o sistema indicar código inválido, significa que introduziu um código inexistente ou que o código introduzido está cancelado. Em caso de dúvida deve contactar o utilizador titular da certidão no sentido de esclarecer e regularizar esta situação.
- Para consultar outra certidão clique em “nova consulta” para limpar este formulário e voltar a submeter novo pedido/código.

código de acesso à certidão
Tooltip Chave de Acesso  
motivo da consulta...
Tooltip Comentário  
imagem de segurança
caracteres da imagem de segurança
Tooltip Codigo Segurança  


close window


notícias
Eduardo Batista e os cogumelos do BuçacoO estudante de biologia da Universidade de Aveiro (UA) Eduardo Batista conquistou hoje o prémio europeu de conservação da Natureza atribuído pela Federação Europarc, em cooperação com a Fundação Alfred Toepfer. Intitulado "Alfred Toepfer Natural Heritage Scholarships", o prémio tem por objetivo galardoar jovens conservacionistas com provas dadas na área da conservação da natureza, em particular nas áreas protegidas da Europa.
João Miguel Dias pretende reorganizar o Departamento de FísicaUma nova organização do Departamento, novos mestrados, melhores condições de ensino, mais alunos com resultados superiores são alguns dos objetivos que movem o novo diretor do Departamento de Física (Fis) da UA. João Miguel Dias eleva a fasquia numa altura em que o Departamento já tem "uma posição de destaque tanto a nível nacional, onde é o único que integra uma unidade de investigação excecional e três excelentes, segundo a recente classificação da FCT, como internacionalmente, facto demonstrado pelos recentes prémios e as publicações frequentes em revistas de grande fator de impacto".
Seminário Internacional debateu ideias para o futuro do alojamento turísticoVinte dossiers de mercado, um estudo sobre o turismo mundial, um estudo sobre a estrutura de custos das empresas hoteleiras em Portugal e oito relatórios temáticos nesta fase, mais oito em preparação, soluções tecnológicas de base web, a instalação de uma mesa e de uma superfície interativa para interação com os agentes. Estas são algumas das novidades que resultam do projeto “Alojamento do Futuro”, uma parceria entre a Universidade de Aveiro (UA) e a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) com as empresas IDTour e Ubiwhere. O projeto foi tema de um seminário internacional a 16 de junho que marcou o arranque de uma fase de iniciativas de divulgação do trabalho realizado.
Licenciatura vai dotar os profissionais de competências fundamentais para a intervenção no património edificadoO Departamento de Engenharia Civil da Universidade (DECivil) de Aveiro terá como nova oferta formativa, a partir do ano letivo 2015/16, a Licenciatura em Reabilitação do Património, curso acreditado pela A3ES. Esta oferta formativa visa colmatar uma lacuna de formação na área da reabilitação do património edificado, preparando profissionais para um setor do mercado de trabalho em crescimento.
Campus da UAA UA criou um grupo de trabalho, designado “UA2020” para estimular e apoiar a participação de forma integrada da comunidade académica no desenvolvimento de candidaturas aos vários programas de financiamento. O grupo de trabalho foi apresentado e divulgado no âmbito da sessão de esclarecimento e mobilização subordinada ao tema: “As Oportunidades do Portugal 2020 para o Sistema Científico e Tecnológico” que decorreu a 29 de abril, no auditório da Reitoria da Universidade de Aveiro, evento que resultou da colaboração entre a UA e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.
A coordenadora do estudo Helena AlvesUma equipa internacional de cientistas, liderada por Helena Alves, da Universidade de Aveiro (UA), descobriu uma nova técnica para incorporar elétrodos de grafeno transparentes e flexíveis em materiais têxteis. A técnica inovadora permite à indústria têxtil, a partir de agora, produzir roupas com computadores, telefones, leitores mp3, GPS, baterias de telemóvel carregadas com o calor corporal e muitos, muitos mais dispositivos eletrónicos incorporados no próprio tecido. A imaginação é mesmo o limite para as potencialidades da descoberta publicada no final da última semana na revista Scientific Reports do grupo Nature.