ajuda

FAQ
Em que consiste a certidão permanente?
A certidão permanente é disponibilizada online (em suporte electrónico) a pedido do utilizador titular dessa certidão. Esta certidão é solicitada online, a partir de casa ou de outro local com acesso à internet, sem necessidade de se deslocar à Universidade de Aveiro. A certidão é emitida através da disponibilização de um código de acesso à informação em suporte electrónico, que permitirá ao seu titular entregá-lo ilimitadamente, a quem o solicitar durante o prazo de validade, com informação permanentemente actualizada, dispensando a necessidade da certidão em papel.

Quem pode solicitar a certidão permanente?
Neste momento, podem solicitar uma certidão permanente os estudantes ou antigos estudantes da Universidade de Aveiro, bastando para tal utilizar as suas credenciais de utilizador universal UA.

Que certidões permanentes estão disponíveis?
Neste momento estão disponiveis as certidões de habilitação final, para estudantes que terminaram o seu curso, e certidões de matricula e certidões de frequência para estudantes com matrícula activa. Em breve serão disponibilizadas outras certidões.

Como se processa o pedido de certidão permanente online?
O pedido processa-se em 2 etapas:  
Submissão do pedido: um utilizador que pretenda solicitar o acesso a uma certidão permanente, acede ao site http://certidao.ua.pt e autentica-se com as suas credenciais de utilizador universal, ou com o certificado do cartão de cidadão, seleccionando depois o curso ou perfil para o qual pretende a certidão e a certidão pretendida, preenchendo simultaneamente os seus dados de contacto (telefone e endereço de correio electrónico).
Pagamento:  Após a submissão do pedido, o requerente deve proceder ao seu pagamento no prazo máximo de 48 horas, numa das modalidades à sua escolha: Multibanco ou directamente ao balcão dos Serviços de Gestão Académica. Após o pagamento, é disponibilizado o acesso online à certidão pedida e o utilizador receberá uma mensagem no seu endereço de correio electrónico, informando que a certidão se encontra já disponível ao mesmo tempo que se disponibiliza o respectivo código de acesso.

Qual o prazo de validade da certidão permanente?
Cada certidão permanente tem o prazo de um ano.

Posso renovar a certidão permanente?
Sim. Por iguais e sucessivos períodos de um ano.

Qual o custo da certidão permanente online?
Cada certidão permanente tem um custo que depende da natureza da certidão - de acordo com a tabela disponível neste site (para mais informações consultar a tabela de certidões).

Qual a consequência do não pagamento do pedido de certidão permanente online, dentro do prazo estipulado?
O pedido de certidão permanente online que não seja pago no prazo estipulado é cancelado. Caso o utilizador mantenha interesse na obtenção da certidão, deverá efectuar novo pedido.

Como posso obter informação acerca do estado do meu pedido de certidão?
Um utilizador que tenha pedido o acesso uma certidão permanente poderá aceder à sua área neste site e consultar o estado do seu pedido.

Após a submissão e pagamento do pedido, quando e como é obtido o código de acesso à certidão permanente?
O pedido depois de pago origina a disponibilização imediata da certidão permanente online, sendo enviado para o endereço de correio electrónico do requerente mensagem com o código de acesso. Uma vez que a cada utilizador só será permitido pedir o acesso a certidões para as quais reúna as condições necessárias, a disponibilização das certidões depende apenas do pagamento respectivo.

Qual a força probatória da certidão permanente?
Uma certidão permanente online da Universidade de Aveiro possui o mesmo valor que uma certidão em papel. A entrega do código para acesso à certidão permanente, a qualquer entidade pública ou privada equivale à apresentação da certidão em suporte papel que tenha sido emitida pela Universidade de Aveiro.

O requerente pode desistir do pedido?
O requerente pode desistir do pedido, antes de efectuar o pagamento ou não efectuar o pagamento no prazo estipulado, pois em ambos os casos o pedido é cancelado pelo sistema. Após o pagamento, não é possível a desistência e não há lugar à devolução do valor pago.

Caso o requerente tenha detectado um erro na inserção do e-mail para notificação, como deve proceder?
Caso o requerente tenha inserido incorrectamente o seu endereço de correio electrónico, deve aceder ao sistema com as suas credenciais e na lista de certidões actuais (menu "gerir") seleccionar o pedido de certidão cujo pedido quer rectificar e alterar o endereço aí registado. Esta operação só é possível enquanto o pedido não tiver sido pago (após o pagamento a notificação segue para o e-mail que tiver sido registado). A inserção do endereço de correio electrónico correcto é de particular importância, pois o envio de mensagens é efectuado para o mesmo. Por este motivo se detectar que os seus dados não estão correctos agradecemos a sua rectificação ou actualização no SIGAAA

Existem casos em que pode ser vedado o acesso ao pedido de certidão permanente? E à consulta após a emissão da certidão?
Sim, o pedido de certidão permanente não pode ser efectuado por utilizadores em situação irregular ou sem registo no SIGAAA. Após a activação do acesso à certidão, a mesma deixará de estar disponível para consulta quando o seu prazo expira. Adicionalmente um utilizador pode pedir para alterar o código da certidão cancelando-se automaticamente o código anterior.

É possível alterar o código de acesso à certidão permanente?
Sim, é possível alterar o código de acesso, bastando ao utilizador aceder a este site com as suas credenciais e no menu "gerir" pedir novo código para a sua certidão. O sistema apresentará de imediato um novo código, anulando o código anterior. O novo código será associado à certidão cujo acesso se requereu e será também enviada para o endereço de correio electrónico do requerente.

Quero que uma entidade a quem dei um código de acesso a uma certidão deixe de ter acesso a essa certidão, o que posso fazer?
Um utilizador pode pedir um novo código para qualquer certidão activa que possua. Este pedido cancelará o código anterior e criará automaticamente um novo código. Para isto basta ao utilizador aceder a este site com as suas credenciais e no menu "gerir" pedir novo código para a certidão pretendida. Para este pedido deverá escrever o motivo para o mesmo. O novo código será apresentado associado à certidão requerida e será também enviado para o endereço de correio electrónico do requerente.

Um código de acesso está a ser usado de forma abusiva, o que posso fazer?
Um utilizador pode pedir um novo código para qualquer certidão activa que possua. Este pedido cancelará o código anterior e criará automaticamente um novo código. Para isto basta ao utilizador aceder a este site com as suas credenciais e no menu "gerir" pedir novo código para a certidão pretendida. Para este pedido deverá escrever o motivo para o mesmo. O novo código será apresentado associado à sua certidão e será também enviado para o endereço de correio electrónico do requerente.


notícias
A coordenadora do estudo Helena AlvesUma equipa internacional de cientistas, liderada por Helena Alves, da Universidade de Aveiro (UA), descobriu uma nova técnica para incorporar elétrodos de grafeno transparentes e flexíveis em materiais têxteis. A técnica inovadora permite à indústria têxtil, a partir de agora, produzir roupas com computadores, telefones, leitores mp3, GPS, baterias de telemóvel carregadas com o calor corporal e muitos, muitos mais dispositivos eletrónicos incorporados no próprio tecido. A imaginação é mesmo o limite para as potencialidades da descoberta publicada no final da última semana na revista Scientific Reports do grupo Nature.
Marçal Grilo é novo presidente do Conselho Geral da UAEduardo Marçal Grilo, administrador da Fundação Calouste Gulbenkian e antigo ministro da Educação, é o novo presidente do Conselho Geral da Universidade de Aveiro. Marçal Grilo, 72 anos, foi eleito na reunião do Conselho Geral de dia 28 de abril e sucede no cargo a Alexandre Soares dos Santos. Com Ana Paula Roque e Joan Viñas i Salas, está formado o grupo de três novos membros de conjunto de cinco membros externos do Conselho Geral da UA.
A Universidade de Aveiro (UA) está em 69º lugar no ranking mundial das 100 melhores instituições de ensino superior com menos de 50 anos divulgado pela prestigiada revista Times Higher Education (THE). Numa lista elaborada com base em indicadores como a qualidade do ensino e da investigação, o número de citações em revistas científicas, a projeção internacional e a inovação, a UA subiu dez posições em relação ao ano passado.
Jörg Frommlet, João Serôdio e Artur Alves são três dos autores do artigo na PNASA descoberta, por investigadores da Universidade de Aveiro (UA), de estruturas calcárias formadas por algas unicelulares, mais conhecidas por viverem em simbiose com corais, traz uma perspetiva inteiramente nova sobre a ecologia destes organismos. Trata-se de dinoflagelados do género Symbiodinium. A descoberta consta de um artigo assinado por cinco investigadores da UA e um colega da Universidade de Tecnologia de Sydney publicado na revista “Proceedings of the National Academy of Sciences of the USA” (PNAS).
As campeãs nacionais de basquetebolAs equipas de basquetebol feminino e masculino e a equipa de andebol feminino da Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv) alcançaram o primeiro lugar nos Campeonatos Nacionais Universitários (CNU) que decorreram em Braga e em Guimarães de 19 a 26 de abril. Os novos campeões nacionais da UA são apenas a ponta do icebergue de uma fantástica participação dos atletas da academia que, em oito modalidades, alcançaram o pódio. As equipas da UA atingiram mesmo o melhor resultado de sempre em modalidades coletivas nos CNU que este ano reuniram 2300 estudantes-atletas de todo o país.
Nuno Crato, Manuel António Assunção, Miguel Poiares Maduro e Sun YuhuaAssume-se como um centro de formação contínua de docentes portugueses de língua chinesa e quer, com esse desígnio, assegurar o ensino de chinês a todos os níveis de ensino em Portugal em colaboração com o Ministério da Educação e Ciência. Inaugurado dia 23 abril, o Instituto Confúcio (IC) da Universidade de Aveiro (UA) cimenta a relação de três décadas entre a China e a academia de Aveiro e, mais do que reconhecer o enorme trabalho que a UA tem realizado em prol da divulgação e ensino da língua e cultura chinesa, nasce para apoiar e alavancar essa missão.