ajuda

FAQ
Em que consiste a certidão permanente?
A certidão permanente é disponibilizada online (em suporte electrónico) a pedido do utilizador titular dessa certidão. Esta certidão é solicitada online, a partir de casa ou de outro local com acesso à internet, sem necessidade de se deslocar à Universidade de Aveiro. A certidão é emitida através da disponibilização de um código de acesso à informação em suporte electrónico, que permitirá ao seu titular entregá-lo ilimitadamente, a quem o solicitar durante o prazo de validade, com informação permanentemente actualizada, dispensando a necessidade da certidão em papel.

Quem pode solicitar a certidão permanente?
Neste momento, podem solicitar uma certidão permanente os estudantes ou antigos estudantes da Universidade de Aveiro, bastando para tal utilizar as suas credenciais de utilizador universal UA.

Que certidões permanentes estão disponíveis?
Neste momento estão disponiveis as certidões de habilitação final, para estudantes que terminaram o seu curso, e certidões de matricula e certidões de frequência para estudantes com matrícula activa. Em breve serão disponibilizadas outras certidões.

Como se processa o pedido de certidão permanente online?
O pedido processa-se em 2 etapas:  
Submissão do pedido: um utilizador que pretenda solicitar o acesso a uma certidão permanente, acede ao site http://certidao.ua.pt e autentica-se com as suas credenciais de utilizador universal, ou com o certificado do cartão de cidadão, seleccionando depois o curso ou perfil para o qual pretende a certidão e a certidão pretendida, preenchendo simultaneamente os seus dados de contacto (telefone e endereço de correio electrónico).
Pagamento:  Após a submissão do pedido, o requerente deve proceder ao seu pagamento no prazo máximo de 48 horas, numa das modalidades à sua escolha: Multibanco ou directamente ao balcão dos Serviços de Gestão Académica. Após o pagamento, é disponibilizado o acesso online à certidão pedida e o utilizador receberá uma mensagem no seu endereço de correio electrónico, informando que a certidão se encontra já disponível ao mesmo tempo que se disponibiliza o respectivo código de acesso.

Qual o prazo de validade da certidão permanente?
Cada certidão permanente tem o prazo de um ano.

Posso renovar a certidão permanente?
Sim. Por iguais e sucessivos períodos de um ano.

Qual o custo da certidão permanente online?
Cada certidão permanente tem um custo que depende da natureza da certidão - de acordo com a tabela disponível neste site (para mais informações consultar a tabela de certidões).

Qual a consequência do não pagamento do pedido de certidão permanente online, dentro do prazo estipulado?
O pedido de certidão permanente online que não seja pago no prazo estipulado é cancelado. Caso o utilizador mantenha interesse na obtenção da certidão, deverá efectuar novo pedido.

Como posso obter informação acerca do estado do meu pedido de certidão?
Um utilizador que tenha pedido o acesso uma certidão permanente poderá aceder à sua área neste site e consultar o estado do seu pedido.

Após a submissão e pagamento do pedido, quando e como é obtido o código de acesso à certidão permanente?
O pedido depois de pago origina a disponibilização imediata da certidão permanente online, sendo enviado para o endereço de correio electrónico do requerente mensagem com o código de acesso. Uma vez que a cada utilizador só será permitido pedir o acesso a certidões para as quais reúna as condições necessárias, a disponibilização das certidões depende apenas do pagamento respectivo.

Qual a força probatória da certidão permanente?
Uma certidão permanente online da Universidade de Aveiro possui o mesmo valor que uma certidão em papel. A entrega do código para acesso à certidão permanente, a qualquer entidade pública ou privada equivale à apresentação da certidão em suporte papel que tenha sido emitida pela Universidade de Aveiro.

O requerente pode desistir do pedido?
O requerente pode desistir do pedido, antes de efectuar o pagamento ou não efectuar o pagamento no prazo estipulado, pois em ambos os casos o pedido é cancelado pelo sistema. Após o pagamento, não é possível a desistência e não há lugar à devolução do valor pago.

Caso o requerente tenha detectado um erro na inserção do e-mail para notificação, como deve proceder?
Caso o requerente tenha inserido incorrectamente o seu endereço de correio electrónico, deve aceder ao sistema com as suas credenciais e na lista de certidões actuais (menu "gerir") seleccionar o pedido de certidão cujo pedido quer rectificar e alterar o endereço aí registado. Esta operação só é possível enquanto o pedido não tiver sido pago (após o pagamento a notificação segue para o e-mail que tiver sido registado). A inserção do endereço de correio electrónico correcto é de particular importância, pois o envio de mensagens é efectuado para o mesmo. Por este motivo se detectar que os seus dados não estão correctos agradecemos a sua rectificação ou actualização no SIGAAA

Existem casos em que pode ser vedado o acesso ao pedido de certidão permanente? E à consulta após a emissão da certidão?
Sim, o pedido de certidão permanente não pode ser efectuado por utilizadores em situação irregular ou sem registo no SIGAAA. Após a activação do acesso à certidão, a mesma deixará de estar disponível para consulta quando o seu prazo expira. Adicionalmente um utilizador pode pedir para alterar o código da certidão cancelando-se automaticamente o código anterior.

É possível alterar o código de acesso à certidão permanente?
Sim, é possível alterar o código de acesso, bastando ao utilizador aceder a este site com as suas credenciais e no menu "gerir" pedir novo código para a sua certidão. O sistema apresentará de imediato um novo código, anulando o código anterior. O novo código será associado à certidão cujo acesso se requereu e será também enviada para o endereço de correio electrónico do requerente.

Quero que uma entidade a quem dei um código de acesso a uma certidão deixe de ter acesso a essa certidão, o que posso fazer?
Um utilizador pode pedir um novo código para qualquer certidão activa que possua. Este pedido cancelará o código anterior e criará automaticamente um novo código. Para isto basta ao utilizador aceder a este site com as suas credenciais e no menu "gerir" pedir novo código para a certidão pretendida. Para este pedido deverá escrever o motivo para o mesmo. O novo código será apresentado associado à certidão requerida e será também enviado para o endereço de correio electrónico do requerente.

Um código de acesso está a ser usado de forma abusiva, o que posso fazer?
Um utilizador pode pedir um novo código para qualquer certidão activa que possua. Este pedido cancelará o código anterior e criará automaticamente um novo código. Para isto basta ao utilizador aceder a este site com as suas credenciais e no menu "gerir" pedir novo código para a certidão pretendida. Para este pedido deverá escrever o motivo para o mesmo. O novo código será apresentado associado à sua certidão e será também enviado para o endereço de correio electrónico do requerente.


notícias
Tito Trindade é o novo diretor do Departamento de QuímicaTito Trindade, novo diretor do Departamento de Química (DQ), defende uma aposta na qualidade da investigação e inovação tecnológica; no aproveitamento das oportunidades de financiamento, recorrendo aos meios disponíveis - equipamentos e recursos humanos - e, com tudo isso, produzir investigação com impacto internacional e/ou com potencial para inovação tecnológica. O docente do DQ, autor de cerca de 200 publicações, três patentes e cerca de 4500 citações, é também investigador no CICECO- Instituto de Materiais de Aveiro, laboratório associado da Universidade de Aveiro (UA), coordenando as atividades do nanoLAB@dq, dedicado à investigação em Nanoquímica.
Pualo Vila Real à frente do forno para testes de resistência ao fogoPaulo Vila Real, novo diretor do Departamento de Engenharia Civil (DECivil) da Universidade de Aveiro (UA), considera fundamental avançar com medidas de captação de alunos para o Mestrado Integrado em Engenharia Civil e apoiar a RISCO - RIscos e Sustentabilidade na Construção, recém-criada unidade de investigação. Fala ainda numa nova licenciatura em Reabilitação do Património. O diretor do DECivil coordena o Laboratório de Estruturas e Resistência ao Fogo (LERF) e foi eleito, recentemente, presidente da Comissão Técnica nº 3 (TC3), “Fire Safety of Steel Structures”, da European Convention for Constructional Steelwork (ECCS).
João Torrão voltou ao cargo de diretor do DLCInvestigador em Estudos Clássicos, Literatura Científica Portuguesa, Humanismo português no Renascimento, vida quotidiana em Roma, Didáctica das Línguas Clássicas, entre outras áreas, João Torrão voltou a assumir o cargo de diretor do Departamento de Línguas e Culturas (DLC) da Universidade de Aveiro (UA). Entre as prioridades, fala na criação de dois programas doutorais, em Literatura e em Linguística, e na ligação do DLC à sociedade. Sucintamente, na construção de um caminho de consolidação e qualidade.
António Teixeira aposta numa Escola Doutoral que faça da qualidade da UA uma bandeiraChama-se Escola Doutoral da Universidade de Aveiro (EDUA) e tem uma missão tão clara quanto fundamental: Coordenar todas as atividades do terceiro ciclo de estudos, promover o desenvolvimento de programas doutorais de excelência e a cooperação, nacional e internacional, e lutar pela inserção profissional dos doutorados da academia de Aveiro. Criada em 2012 a EDUA tem hoje ao leme António Teixeira. O coordenador tem uma rota bem definida no horizonte: “Que os 3ºs ciclos sejam uma crescente mais-valia e polo de atração, inovação e visibilidade para a UA como um todo”.
Com o intuito de estimular a criação literária e a revelação de novos autores, a Universidade de Aveiro (UA), através do Departamento de Línguas e Culturas (DLC), em parceria com a Reitoria, decidiu há quatro anos atrás instituir um Prémio Literário, que viria a receber o nome de Aldónio Gomes, com o intuito de honrar a memória deste grande estudioso e divulgador da língua e da literatura portuguesa, cujo espólio foi doado à academia de Aveiro. Nesta quarta edição (2015), o prémio destina-se a galardoar um inédito, na categoria de poesia. As obras podem ser enviadas até 28 de fevereiro.
Educação para o Desenvolvimento Sustentável é tema de projeto em que participa a UAA Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS) ganha importância no ensino superior em toda a Europa, segundo o projeto europeu “Educadores Universitários para o Desenvolvimento Sustentável” (UE4SD) em que a Universidade de Aveiro (UA) participa com mais 53 instituições. No entanto, apenas alguns países têm programas ativos ou metas para os educadores universitários adquirirem competências de ensino. Falar de EDS é falar de adequar as competências aos atuais problemas do mundo.